Polícia invade casa de hacker a mando da Sony e leva computadores e aparelhos eletrônicos

img
fev
24

E infelizmente não foi a casa do Geohot, o Rapper PIMP. Hoje as 6 da manhã a polícia teria invadido a casa de Graf_Chokolo, um dos mais respeitados (pelo menos por mim) hackers da cena Playstation 3. Além de já ter lançado o seu próprio firmware custom, Graf estava trabalhando com extremo empenho para executar a completa engenharia reversa do Hypervisor do Playstation 3, além de trazer de volta também o OtherOS através de meios oficiais.

evomo06070631
Infelizmente agora ele deve estar nessa situação

Como ele tinha prometido (e talvez previsto) em seu blog, caso fosse intimado pela Sony por qualquer um de seus trabalhos, ele iria lançar a público TODO o material de engenharia reversa criado por ele e guardado as sete chaves até que tudo estivesse pronto para consumo público. Pois bem, o serviço está feito e você já pode encontrar o lindo arquivo "coolstuff.rar" navegando por ai na net com o seus belos 164MB de tamanho e informação.

No mais, nenhuma outra notícia sobre Graf foi divulgada em seu blog ou em outros sites do ramo até agora, porém hoje a tarde senhor KaKaRoTo não pode perder a oportunidade do acontecido e lançou uma bela em seu Twitter:

 

twitter-kaka

Para quem não acompanha o Twitter (mas deveria), hoje um pouco antes do meio dia Mathieulh divulgou as pressas que estaria fechando seu Twitter e a PS3Wiki com toda a documentação sobre engenharia reversa do PS3 criada até agora. Algumas semanas atrás quando o Geohot disse que a polícia teria levado todas as suas coisas relacionadas a PS3, Mathieulh disse que "ainda bem que ele não precisaria se preocupar, já que morava na França e eles não podiam fazer nada pra ele".

Tô vendo mesmo sua falta de preocupação. Quem tem cu tem medo né senhor aleluia.

  • Alessandro

    O trem por la é complicado, se fosse aqui no brasil, nada aconteceria com ele

  • PedreirodoHawaii

    O problema que eu vejo, é que os chamados Hackers de hoje em dia gosta muito de aparecer.
    Aí dá nisso aí.

  • alexandre

    muito bem dito quem tem tem medo o problema é q com essa atitude a sony só consegue arrumar mais problema prq a maioria dos hackers adora esse tipo de adrenalina, foi assim com o kinect, quanto mais a M$ pressionou mais rapido a galera trabalhou no desbloqueio batendo um recorde de apenas 10 dias para fazer o treco trabalhar com o PC, foi assim quando a sony tirou o other os e vai ser pior agora, se continuar desse jeito a galera vai tomar a psn de assalto e tornar de uso publico e eu to adorando isso td.
    cupa sony!!!!!!

  • Paulo Henrique

    nossa manu! nao to crendo! 164MB de engenharia reversa!!!

    FUCK YEAH!

  • Mauricio

    “tomar a psn de assalto e tornar de uso publico”

    Caramba, esse cara entende do assunto!
    Depois disso os hackers vão fazer uma grande “intera” para bancar as dezenas de milhares de dólares (arriscaria CENTENAS de milhares de dólares) que a Sony paga MENSALMENTE para manter os servidores no ar!

    O problema da pirataria é esse… As pessoas começam a achar que as coisas são de graça…

  • Hellgun

    Cara, os dois lados estão errando muito, aparentemente a melhor estratégia tem sido a da Micro$oft e da Nintendo, que vão fazendo pequenas correções e diminuindo a pirataria (ou tentando), com revisões de hardware e firmware, mas sem desafiar os hackers. Aparentemente a $ony vê apenas dinheiro e quer extraí-lo a qualquer custo de 100% de seus clientes (futuros ex-clientes). E ao remover o Other OS, isso feriu a dignidade dos hackers, permitindo a eles levantar a bandeira do ” eu paguei, então faço o que quiser” porém, divulgar na internet informações internas de hardware ou software ja vai um pouco além da conta.
    peguemos o exemplo do PSP, o DA desbloqueou o aparelho e beleza, ensinou quem quería a desbloquear também, porém não divulgou informações internas do firmware do PSP, com excessão da época em que ele abandonou a cena e passou a info pra PSP GEN, mas com o PS3, os caras estão escancarando toda e qualquer informação possível do aparelho, isso enfurece a $ony, que por sua vez tenta pegar os hackers,o que os enfurece… e cria-se um circulo vicioso, onde o ódio apenas cresce.

    No meu ponto de vista, a $ony devería apenas Banir da PSN todo e qualquer PS3 com modificações detectáveis, e esquecer essa briga idiota, e apenas ir atualizando firmware/hardware para minimizar os desbloqueios. Quem quiser ter seu PS3 hackeado, blz, mas nem passe perto da PSN, quem não quiser, ” seja MUITO bem vindo, olhe que mundo de vantagens nós lhe oferecemos na PSN ” qualquer ser humano que não for um pé rapado, que vendeu um rim pra ter um PS3, e tem um mínimo de inteligência, vai olhar pra isso e dizer, ” Cara vale muito a pena eu estar na PSN, vou continuar comprando/vendendo/trocando meus jogos e sendo feliz ”
    É bizarro imaginar que passe na cabeça de algumas pessoas que sem pagar por um jogo, o cara ainda quer ter o direito de ficar online para jogá-lo e ainda tem o espírito de porco de usar Cheat. É como escrever na testa que é um Loser, que não trabalha ou ganha mal. Da pra ter vergonha alheia.

    Errei também na época de PSX e PS2? Sim, porém mudei, e aprendi muito com isso. Se você tmbém mudar, vai ser mais uma das pessoas que apóiam a indústria do games que vocês mesmos gostam tanto. É veridico que os custos de games no Brasil são uma piada, é um assalto, mas existem alternativas. Compre em lojas nos exterior, se necessário, pague o imposto de importação, tenho certeza que sairá muito mais barato que pagar os valores praticados no Brasil, infelizmente isso é verdade. (por enquanto)

    Emuladores são legais? sim, mas não ferem a indústria, pois esses jogos ja estão fora de produção, então só o que você faría ao comprar um, é dar dinheiro para outro gamer que os esteja vendendo. pois os lucros e custos de produção ja foram pagos na época de lançamento daquele jogo.

Suporte NewsInside

Monster Hunter World

Aviso


Este site se mantêm através de 28% com o processamento em nuvem para Desktop e 5% em mobile, obrigado por sua contribuição.