Mais informaçoes sobre a bateria do demonio para o PSP

img
jun
28
Amido  

Como dito anteriormente, foi descoberto que a Sony (e alguns chineses, claro) possuem uma bateria capaz de desbrickar e de gravar qualquer firmware em um PSP, atraves de um modo que ele chamam “factory mode”.

Apesar do trabalho nao ser feito EXATAMENTE pela bateria, é ela que permite a ativaçao do “factory mode”, e a partir dele o flash é feito atraves de programas encontrados no stick do PSP.

O flash ocorre de forma normal, é o que acontece exatamente é uma especie de Recovery, e nao exatamente um downgrade, pois o firmware encontrado no stick é gravado diretamente na flash, independente do que ja esteja lá.

De acordo com um artigo do Levelup.cn, uma pessoa do proprio site se encontrou com o chines que faz o downgrade no video do primeiro post, e esses sao os fatos ja conhecidos sobre o processo e o material utilizado, de acordo com essa pessoa (o chines):
– O downgrade via bateria do demonio existe, e funciona em qualquer PSP, provavelmente até os que irao sair mais pra frente;
– A bateria utilizada para liberar o “factory mode” NAO é uma bateria comum;
– A bateria apenas libera o “factory mode”. Todo o processo magico é feito por programas encontrados no stick;

O processo de recovery é feito em quatro passos:
1. Coloca-se a bateria original do PSP, o stick com os programas e o PSP é ligado, depois desligado normalmente;
2. A bateria original é entao desinstalada. Entao o PSP é ligado a fonte e a bateria do demonio é inserida;
3. Liga-se o PSP novamente, e quando uma mensagem (provavelmente do tipo “TAKE THE DAMN BATTERY OFF!”) é exibida, a bateria é tirada, e o PSP passa a funcionar na fonte normal;
4. A partir desse ponto o processo é todo “automatizado”. Os programas, junto com o firmware é carregado do stick, gravado no PSP e depois uma mensagem de “OK” é exibida. A partir desse ponto o PSP ja estara rodando o firmware utilizado na gravaçao, no caso o 2.71, pois é a ultimo firmware suportado pelas placas TA-086 sem patching da placa mae.

O “informante” do site cita tambem que a bateria possui 3 conectores ao inves de 2. Esse terceiro pino extra é responsavel pelo processo de liberar o modo factory no PSP. Foi dito tambem que essa bateria possui um sistema capaz de identificar se a mesma é uma bateria “oficial” ou “pirata”, mais essa parte a gente ja sabe que nao importa.. ja que o chines do stand ja tem uma copia da mesma e ela funciona perfeitamente.
A missao da bateria no caso seria instruir o PSP durante o boot para ao inves de ler informaçoes de sua flash interna, ler diretamente da propria bateria (WoW), que por sua vez instrui o PSP a ler os programas do memory stick. A partir desse ponto nao importa qual firmware o PSP esteja rodando, pois o programa é instruido a gravar o que estiver no stick, sem “perguntar” qual firmware ja se encontra gravado na flash.

A pouca informaçao revelada sobre o programa encontrado no stick é que “o programa é utilizado para se gravar um firmware na flash. Nada muito diferente de um programa de downgrade, porem especifico para o firmware 2.71”.

É cada uma que esses chineses inventam..

Visto no eXophase Forums.

Suporte NewsInside

Super Mario Odyssey 64

Aviso


Este site se mantêm através de 28% com o processamento em nuvem para Desktop e 5% em mobile, obrigado por sua contribuição.