[GUEST] Jogos OpenBOR

img
set
05

Post escrito pelo nosso leitor e participante do podcast, Dante Borges

Vamos voltar no tempo e trazer à nossa memória um dos bons tempos dos Jogos.

double_dragonNos anos 90 tivemos uma das grandes febres dos games que eram os Beat ‘em ups, as brigas de rua, onde você era um personagem que tinha que enfiar o tapa em uma cidade inteira por um motivo qualquer: Salvar o pai, namorada, o país, o mundo, a vida!

Tivemos inúmeros títulos que marcaram essa época, na verdade o gênero, começou um pouco antes nos Arcades com Double Dragon que é de 1987 e alguns consideram o Renegade como o grande início, mas o jogo de Billy and Jimmy tem os padrões que foram seguidos até então.
O que marcou muito também era a rivalidade entre Final Fight e Street´s of Rage, um Criado pela Capcom para Nintendo em seu Snes e o outro criado pela SEGA em seu Megadrive/Genesis, nesses 2 eu gosto muito de Final Fight.

Mas vamos falar do assunto título do artigo, o grupo Senile Team desenvolveu uma engine para criar jogos de pancadaria que batizaram de Open Beast of Rage  (OPENBOR) com influência do Streets of Rage, essa versão aberta da engine permite que qualquer um (com capacidade e Paciência) faça seu próprio jogo de Beat em Up.

OpenBOR_Logo_320x240
Com a engine você pode pegar os Sprites dos personagens de qualquer jogo e usa-los em seu jogo, adicionar movimentos, alterar Sprites e até mesmo criar o seu próprio personagem com base em outros e a mesma ideia é se aplicada nas fases e inimigos.

Deu uma forma mais clara, você pode escolher o Axel do SoR e começar na 1° fase do Final Fight, passar por 2 fases do Batman Returns, 1 fase do Double Dragon e terminar na fase do Punisher.

A mesma regra vai para os inimigos e essa é uma “salada” terrível. Podemos ter um jogo com todos os inimigos de Todos os Jogos que já vimos e não vimos. Eles aparecem em uma quantidade alta em relação aos Beat em Ups que conhecemos, isso se dá pelo fato que os jogos são feitos para poder colocar 4 players ao mesmo tempo (TNMT, The Simpson, X-Men).

Mas a melhor forma de explicar é jogando, por isso aqui vai os jogos que tenho no PSP e gostei muito, aliais, esse homebrew tem para várias maquinas como Xbox Classic, GBA, Dreamcast, Wii e PC.

Final Fight Apocalypse

0
A Mad Gear volto com um novo líder (um dos inimigos do jogo do Punisher na verdade) e o Presidente da cidade, Mike Haggar chamou para ajuda-lo Cody, Guy e Maki.

Este é um jogo bem programado, tem adição de novos golpes e é mais rápido que um final fight comum. Um detalhe interessante é a Maki, seu Sprite foi refeito e está bem melhor que na verão do Final Fight 2, tanto em ataque quanto em visual.

Bare Knuckle Vaccun

2_bare_knuckle_vacuum
Para os não iniciados, este é o Street´s of Rage no Japão e temos um dos melhores Openbor feitos. Basicamente o Mr. X, vilão de todos os games, está de volta e você tem que botar ele para fora da cidade.
Neste game temos 2 especiais para os personagens e ataques mais fortes que podem ser feitos quando seu life está para acabar, uma coisa que ele tem que o Final Fight não tem: Opção de correr.
Uma função que faz falta na maioria dos jogos OPENBOR e que eu sempre uso nos Beat em Up. Temos o Axel, Blaze, Shiva, Max, Lucia (Final Fight 3) e uma outra menina que eu não sei dá onde saiu nem de onde veio :/
Recomendadíssimo!

Final Rage Chaos

final-rage-chaos-psp-frete-gratis-via-download-15900-MLB20110822842_062014-O
Finalmente o crossover que todos queriam nos anos 90 e não poderia acontecer por motivos judiciais. Sim, este game traz Axel e Blaze para ajudarem Haggar, Gody e Guy contra a Mad Gear e … é só!
Ele na verdade é a mesma coisa que o Apocalypse e tem cenários diferentes, no mais é apenas a oportunidade de ter os rivais no mesmo jogo, já que a SEGA e a Capcom nunca fariam isso

Jennifer

Jennifer
Esse é uma Obra de arte do 2D.  Um jogo com personagens, cenários, historia, cutscene (estilo os Beat ‘em ups mesmo) próprios e ainda para maior de 18 anos!
Este jogo é violento, um jogo de pancadaria sanguinolento pacas. Seus especiais são bem ao estilo do Jogos Mortais e Albergue (PornoTortura) e tem um trabalho bem grande dos criadores para distanciar Jennifer dos outros jogos, que é mais “pegar e juntar” personagens.
Na história temos uma menina que foi Estuprada e morta por um doutor maluco e volta dos mortos para se vingar, alguns acreditam que o nome Jennifer é referência a namorada do Rick, Protagonista do Splatterhouse. O game seria sobre o que aconteceu com ela.
Recomento sim, mas lembre-se, ele é um Beat ‘em ups 18 anos!

É isso ai, para quem não sabia fica ai esta dica para reviver os clássicos de pancadaria, ver os crossovers que nunca vão sair oficialmente e conhecer jogos muito bem feitos por fãs e tem bem mais jogos que esses … bons e ruins.
Os jogos são um pouco difíceis de encontrar, quem tiver dificuldade me procurem.

Enjoy.

Suporte NewsInside

Winter Wonderland

Aviso


Valor Anual do server: R$322,80
Media Arrecadada: R$75.04
Pagamento em: 04/2018

Este site se mantêm anualmente através de 28% com o processamento Monero em nuvem para Desktop e 5% em mobile, obrigado por sua contribuição.

Doe Monero (XMR) Diretamente:

476fGNKyU71hNyrbjRD7
3NZ9Voo1zBZxacuLY41i
DMF1fMmLEhZx49rXD5qr
kpKDJkJRDwBCNGSbP5od
iAyHFy1aMPUjApE

Ao Vivo
Twitch NewsInside