HOLY LOLIPOP! Jogos do Virtual Console não passam de, roms?

img
abr
23

Tá, tudo bem que TEORICAMENTE todo mundo já esperava isso, mas os jogos do Virtual Console não passarem de roms??

Pleonasmos a parte, o pessoal do 1emulation, de posse de um desses jogos de Virtual Console que estão circulando nos Torrents por ae, descobriu que dentro dos pacotes WAD dos jogos, existiam apenas 3 arquivos: O jogo (a rom), arquivos HTML que formavam o manual do jogo e o “executável” do emulador.

O mais impressionante disso tudo é que não basta os jogos do Virtual Console serem apenas roms simples, elas funcionam em emuladores, vamos dizer assim, não exatamente desenvolvidos para executar-las:

dkq001

dkq002

Exato crianças, a rom do jogo do Virtual Console (apesar de dar um erro de checksum), roda no SNES9x ;)

Qualé a graça disso tudo? Bem, já que o sistema de proteção dos jogos foi quebrado e que o emulador do VC não é tão diferente de um emulador para PC a equação fica até simples: Empacotador de WADS + emulador do VC + Roms = ISSA!!

Muitos estão recebendo essa notícia com um pé meio atrás, mais acho que isso dificilmente mataria a existência do VC, e isso realmente não vai ocorrer exatamente por causa da essência por trás do “emulador da nintendo”. Homebrew é somente para um público extremamente selecionado (NOTA: Você está aqui, logo é um leitor selecionado, logo, parabéns!11) e que tem paciência de ficar pondo arquivo no console, tirando arquivo do SD, copiando pra la e pra cá, etc. Com um jogo do Virtual Console custando na média 5 dólares, pela primeira vez no mercado mundial é mais barato comprar o jogo do que piratear..

Agora uma coisa que eu queria ver: Isso até passa com os jogos da Nintendo, já que o Wii também é da Nintendo, mais será que os jogos de Genesis por exemplo também funcionam assim? :)

Suporte NewsInside

 

 

Ao Vivo
Twitch NewsInside