Emulador CEMU – Wii U

 

 

O emulador de Wii U, Cemu, que ainda está em fase inicial de desenvolvimento, com jogos já bastante jogáveis, e já rodam com uma taxa de quadros mínima, no video acima vocês já podem conferir 2 jogos de destaque do sistema sendo eles o mais recente Zelda Breath of the Wild e um mais antigo Mario Kart 8. fiquem a vontade para dizerem o que acharam do emulador em sua versão mais atual (1.7.5) e alguma sugestão do proxímo emulador a testarmos aqui.

Gostei(4)Não Gostei(0)

DNSwitch4All – Use Browser do Switch e Bloqueie atualizações

ni_switch

Criada uma forma (não muito amigável ainda) de poder usar o navegador de internet no Nintendo Switch. Se você, caro leitor, que faz parte dos 90% de jogadores que se recusam a pagar R$1800,00 num tablet da Nintendo, ainda não sabe, o Switch não tem acesso a qualquer Internet Browser, provavelmente numa tentativa de barrar exploits via WebKit.

Entretanto, algumas pessoas começaram a fuçar o aparelho e descobriram que o mesmo possui sim um browser para uso em jogos, sejam eles quais forem. Requerendo conexão Wi-fi e até mesmo com telas de login, temos finalmente uma forma de desfrutar desse tal browser. Tudo isso graças ao usuario do GBATemp “Sasori”.

 

Requerimentos:

1. Python 3.6 or Python 2.0 no PC

2. Scripts Python, baixe-os aqui [Opcional] e execute-os no PC

3. Um webserver, WAMP,XAMP, etc (Opcional, se você quiser fazer uso de PHP)

====

Como Usar:

1. Abra o app de configurações do Nintendo Switch;

2. Selecione conexão por Wi-fi;

3. Selecione mudar configurações;

4. entre em Configurações de DNS e mude-a para manual e entre com o IP 107.170.190.128 como seu DNS primário;

5. agora salve e faça um teste de conexão e dê OK e o Switch perguntará se você quer se registrar;

6. Uma vez clicado em OK você será redirecionado a uma página que você poderá modificar abrindo um dos dois scriptts inlusos no repositorio do DNSwitch4All e isto automaticamente redirecionará você a pagina já configurada ou uma que você tenha configurado no script, como por exemplo google.com ou no repositorio do DNSwitch4All http://dnswitch.redthetrainer.com.

7. Uma vez no site é alterado para um do seu gosto simplesmente execute um teste de conexão novamente e dê OK.

Gostei(1)Não Gostei(0)

RetroArch v1.4.0

Rapidíssima só para avisar que saiu mais uma versão estável do melhor MetaEmulador  multisistema e multiplataforma do mundo, o Retroarch.

Retroarch

 

Ele tem versões para Navegadores, Android, iOS, Windows, Mac OSX,  3DS, Gamecube, Wii, Wii U ,  PSP e PSVita.
Ele emula muito bem uma quantidade bem grande de sistemas usando módulos de emulação de outros emuladores (por isso ele é um MetaEmulador, pois ele é mais uma interface unificada “inspirada” no XMB do PS3) e também ele roda jogos de código aberto como Doom, Quake 1, Dinothawr, Cave Story e outros.

Quem tiver um computador bem fraquinho pode usar os controles dos consoles que já tem e se divertir plugando no computador e jogando os clássicos para quebrar um pouco a rotina, por ter suporte a Vulkan ele tem um desempenho excelente para computadores que suportam essa API gráfica até com filtros gráficos que simulam TVs de tubo, dando um aspecto bem legal.

Cliquem nas imagens para ver o filtro, infelizmente não dá para mostrar em movimento, quando realmente os filtros impactam, claro que com uma configuração maire refinada dá para ter resultados melhores e ficam muito lindos em uma TV grande em 1080p.

 

Sonic 2 de Megadrive usando o filtro CRT-Hyllian Nearest

Sonic 2 de Megadrive usando o filtro CRT-Hyllian Nearest



Street Fighter Alpha 3 Arcade usando o filtro CRT-Hyllian Nearest



QuackShot usando o filtro Phosfor
QuackShot usando o filtro Phosfor

Só acho uma pena que o PSVita não tem potência gráfica para rodar os filtros, e só a interface XMB funciona.

Para os aventureiros e pessoal que gosta de quebrar um pouco a cabeça para ter as versões mais atualizadas do Retroarch é só baixar do repositório Nightly: https://buildbot.libretro.com/nightly/

Para quem só quer que a coisa funcione sem muita complicação baixe aqui pelo link de download da versão estável na versão 1.4.0: https://buildbot.libretro.com/stable/1.4.0/

Comentem aí o que vocês acharam, caso tenham interesse eu até faço um mini tutorial de como configurar os shaders do Retroarch para dar aquele aspecto de TV antiga em que jogávamos os games clássicos.

Aquele abraço e até mais! =)

Gostei(20)Não Gostei(1)

Lançado: Haxchi e IOSUHax CFW para o Wii U

15555909_1061150310677889_1771737017_n

A notícia não é nova, mas somente agora nós da equipe NI pudemos testar esse método de desbloqueio que evoluiu bastante a cena hacking do console de mesa da Nintendo. Chamado de Haxchi, o hack permite a instalação de um Homebrew Channel permanente no aparelho, sem a necessidade de abusar da vulnerabilidade do navegador do aparelho.

O Haxchi – que já se encontra na versão 2.3u1 – é um método de hacking que utiliza um jogo de DS do Virtual Console do Wii U para que seja ativo. Uma vez que a eShop não está disponível em terras tupiniquins, resta para o usuário escolher qualquer região de sua preferência para realizar a compra de algum dos títulos compatíveis. Nós da equipe recomendamos o jogo Brain Age: Train Your Brain in Minutes a Day!, por ser o mais barato, mas a lista completa de jogos pode ser vista aqui.

Uma vez baixados o jogo que será usado como método de entrada e os arquivos necessários para a instalação do Haxchi, basta que o usuário acesse o Homebrew Channel de maneira convencional (via web ou por servidor caseiro) e rode o app Haxchi Installer. O aplicativo irá automaticamente reconhecer o jogo compatível e irá instalar os arquivos necessários, fazendo com que até mesmo o ícone do jogo mude para o ícone do hack.

Após isso, basta o usuário iniciar o novo aplicativo para acessar instantaneamente o Homebrew Channel, com 100% de chance de sucesso e sem depender da internet.

IOSUHax CFW

Depois de uma breve explicação aqui no blog a respeito da REDnand (um tipo de emuNand), a atual situação dos hacks do Wii U permite dizer que ela não é mais tão necessária para rodar jogos do Virtual Console, DLCs e jogos de outra região no aparelho diretamente do dispositivo USB (desconsiderando o fato dela ser totalmente segura e descartável em caso de bricks, não afetando assim a NAND oficial).

Com a instalação do Haxchi – ou não -, e com o app CFW Booter, os usuários agora contam com o IOSUhax CFW, que permite a instalação de jogos de outra região, DLCs e jogos do Virtual console diretamente na NAND do aparelho, ignorando as assinaturas digitais do aparelho. Para isso, basta seguir os seguintes passos:

1 – Baixar os arquivos necessários (esse pack contém mais de um arquivo, mas o que importa mesmo é somente o fw.img)
2 – Iniciar o Homebrew Channel da maneira desejada
3 – Iniciar o CFW Booter, lembrando que o arquivo fw.img deve estar na raiz do SD
4 – Aparecerá no GamePad a imagem do IOSUhax e logo após isso o console se reiniciará
5 – Após o reboot, entrar novamente no Homebrew Channel
6 – Instalar os jogos de outra região/DLC/jogos VC usando o WUP Installer Mod Y
7 – ??????????
8 – Profit

Uma nota sobre o IOSUHax: apesar dele ignorar a verificação de assinatura, o CFW só fica ativo enquanto o aparelho estiver ligado. Uma vez desligado, para jogar os jogos citados acima, basta entrar novamente no IOSUHax via Homebrew Channel para jogar os jogos, não sendo necessária a instalação dos jogos novamente!

E é isso. Dúvidas ou sugestões, deixem aqui nos comentários ou no tópico do nosso fórum!

Gostei(10)Não Gostei(1)

Resumão Wii U: Como anda a cena hacker nos últimos dias?

Esse post não estava previsto para ser feito dessa maneira, mas o pessoal do GBATemp se adiantou e resolveu fazer um belo resumo do que aconteceu na cena do Wii U nos últimos dias e nós, do NI, resolvemos seguir o fluxo e traduzir as principais novidades para os leitores. O motivo de alguns posts não terem saído ainda é a falta de  mais testes realizados pelos devs e o fato de que algumas coisas ainda não estão devidamente prontas para os usuários finais.

Brazilian USB Loader – 20 de Outubro: Um dos mais aguardados métodos de desbloqueio teve sua origem nas terras tupiniquins. O método permite a instalação de jogos diretamente no HD Externo e/ou na memória interna do aparelho. Já falamos sobre esse método aqui no blog.

CFW Booter – 22 de Outubro: O usuário pwsincd mostrou seu CFW Booter, ferramenta que permitia carregar firmwares de Wii U e extrair arquivos com o acesso provido pelo IOSU. É válido ressaltar que até aquele momento ainda não era possível extrair a NAND do console nem utilizar a redNAND.

RedNAND – 30 de Outubro: Novamente, os usuários pwsincd, Dimok e seu time mexeram uns pauzinhos e, juntamente com o IosuHax, conseguiram dumpar a NAND do Wii U e com isso a habilidade de REDirecionar qualquer tipo de instalação para uma Nand alternativa. Com isso, a verificação de segurança do console é burlada, fazendo com que qualquer jogo possa ser instalado. Além disso, a utilização da redNAND permite a instalação e execução de jogos de outra região. Também falamos do método aqui no blog.

WUPHax – 30 de Outubro: Conseguiram, finalmente, uma maneira de instalar o Homebrew Channel no modo Wii dentro do Wii U SEM  a utilização de um jogo original para isso. O método requer um Wii U com o IOSUhax e o Wupserver para ser realizado.

Haxchi – 6 de Novembro: O último exploit descoberto, que futuramente poderá ser usado para a criação de um Coldboot para o Wii U, fazendo com que o aparelho ligue diretamente na redNAND. Até o presente momento ele está em fase de desenvolvimentos e não é recomendado para os usuários finais.

E é isso. O post original do resumo pode ser acessado diretamente do GBA Temp, onde as fontes das respectivas notícias podem ser acessadas para maiores informações. Qualquer dúvida, basta deixar um comentário aqui!

 

Gostei(12)Não Gostei(0)