Novo update para o Gateway 3DS promete adicionar suporte a jogos do firmware 8.0

E os caras do flashcard gateway continuam inovando a cena hacking 3DS (seja para o bem ou para o mal). De acordo com eles, o próximo firmware do aparelho já vai suportar a nova criptografia do firmware 8, permitindo assim que jogos que dependam desse firmware funcionem normalmente no sistema do aparelho.

Infelizmente isso não trará suporte a USAR o flashcard diretamente no firmware 8, mas já é um bom progresso para quem já tem o aparelho e gostaria de rodar os novos jogos.

No mais, nenhum prazo ou data de lançamento foi dado pelos caras do Team Gateway.

Via Logic Sunrise

blargSNES – Emulador alpha de SNES para 3DS

E olha só, os meninos do 3DS não perdem tempo. Um cara do GBATemp liberou hoje uma versão bem preliminar de um emulador de SNES para o 3DS. Até o momento o emulador roda somente o Super Mario World pois depende de um hack para pular as rotinas de som (já que o emulador não tem som).

blargsnes

Para rodar o emulador, você irá precisar de um Gateway 3DS e as roms (“a” rom né) que quiser rodar no SD Card do portátil. Como já dito, o emulador é extremamente preliminar mas já mostra as capacidades do futuro da cena no aparelho.

No mais, para quem quiser conferir o emu e obter mais informações, visite o thread oficial do release no GBATemp.

King3DS (K3DS), novo flashcard para 3DS – Verdade ou Coisa do Demônio?

E mais uma da série “vdd ou 666″. Os caras do Logic Sunrise (não tinha visto antes em lugar nenhum, então atribuo a novidade sobre o K3DS a eles) postaram hoje informações e imagens de um suposto novo flashcard para o Nintendo 3DS, o King3DS. A grande novidade desse flash fica por conta dele possuir um modo híbrido que suportaria jogos de DS e 3DS no mesmo dispositivo.

king3ds

De acordo com os caras o flashcard teria duas cases (não fica especificado se ele viria já com as duas), uma para DS e outra para 3DS (isso claro, para quem só tenha um DS normal por exemplo) e suportaria todas as funções esperadas de um flashcard, como homebrew e carregamento de ROMs. Além disso, o K3DS suportaria também o esquema de emunand (para montar outras nands mais novas em um firmware mais antigo) e Micro SD externo, porém só funcionaria no firmware 4.5 como os flashes já existentes.

No mais, o flashcard irá (SUPOSTAMENTE) ser vendido a partir do fim de Julho e o preço final seria de +- 99 USD. Resta agora aguardar e ver se esse não vai passar de mais um clone do Gateway original ou se trará novas funções para a cena hack do 3DS.

3DNES – Emulador homebrew de NES para Nintendo 3DS

E olha só a malandragem “romebriustica” já mostrando seu progresso no Nintendo 3DS. Apesar do Gateway (e até onde sei, o R4) já permitirem o uso de homebrew no 3DS, nenhum programa tinha até então se popularizado para uso nesses flashcards. O 3DNES vem para mudar essa realidade, trazendo uma emulação muito boa já em sua primeira versão.

Confira o vídeo:

Apesar do emulador ainda não rodar fullspeed, já é um excelente progresso para quem curte um “nintendinho” e tem um flashcard de 3DS. De acordo com o desenvolvedor, as próximas versões “minor” (1.x) serão somente para corrigir bugs e a 2.0 será exclusivamente para adicionar novas funcionalidades (como áudio).

E é isso. O download do release e mais informações podem ser conferidas no post de release oficial no GBATemp.

Novidades sobre o SSSpwn – O suposto exploit para o Nintendo 3DS

E temos “novas novidades” sobre o SSSpwn, até agora o único exploit existente para o Nintendo 3DS que está prometendo dar em alguma coisa. Smealum, o desenvolvedor por trás do feito, postou hoje novidades excelentes sobre o progresso do desenvolvimento do hack.

De acordo com o cara, o SSSpwn estaria SIM rodando no firmware 8.X do 3DS (que no caso é o mais novo), permitindo assim que homebrew seja executado nos modelos mais novos do aparelho sem maiores problemas. Além disso, o cara disse em seu Twitter que o progresso no exploit vem vindo de bom a melhor a cada dia, e que o mesmo pode ser lançado “logo”.

snip-twit

O problema com o SSSpwn (de acordo com o cara mesmo) é que o exploit “não podia ser lançado” pois poderia facilitar a pirataria no 3DS. Resta agora aguardar e ver qual foi a posição que ele tomou a respeito disso (se tocou o “foda-se” ou se ele achou alguma forma de impedir pirataria mesmo com o exploit rodando).

Via Wololo